Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \31\UTC 2009

Happy Halloween!

Já preparei o meu chapéu de bruxa para o casamento que vamos daqui há pouco!  O tema é o Halloween, diferente não?

Halloween

Nada mais apropriado para uma celebração no dia 31 de outubro, o dia das bruxas!  Os noivos encorajaram os convidados a usar fantasias e então eu me animei com esse chapéu cheio de aranhas, rs!

Halloween

Happy Halloween!

Ex corde.

Read Full Post »

Chove chuva!

A água não parou de cair por quase uma semana inteirinha e eu adorei poder usar e abusar do meu presente de aniversário que ganhei adiantado do Marido: meu primeiro par de botas de chuva!

galocha

 

Elas são ultra confortáveis e deixam meus pés sequinhos!  Comprei num dia de pé d’água e pensei  “Ah, bem que podia continuar chovendo para eu usar mais essa coisinha fofa..”  E assim foi, chuuuuuuuvaaaaaa! 

Então adorei coordenar as botas com os tons de azul clarinho e vinho!  Recebi muitos elogios de pessoas nas ruas e muitas outras quebravam os pescoços para olhar!  Fiquei toda-toda, rs!  Uma senhora coreana inclusive pulou com as duas mãos em cima da minha galochinha e soltou um sorrisão!  Marido traduziu o que ela tentava me dizer antes do ataque: RAIN BOOTS.  Uma graça a movimentação que uma bota de borracha colorida  faz!  Estou adorando meu presente!  Thanks Marido!!  Thanks,  São Pedro!!

Ex corde.

Read Full Post »

É 29 no 29!

Depois dos vinte e nove, eu aprendi que o negócio é estar de bem comigo mesma!  Para isso, foi preciso descobrir do que eu realmente gosto, o que eu consigo aguentar e até onde eu consigo ir.  A verdade é que não é mole adquirir esse auto-conhecimento, mas ao longo desse caminho tortuoso eu me surpreendi comigo mesma percebendo que eu posso ir muito mais longe do que eu achava!  No final das contas, é a gente com a gente mesmo e mais ninguém.  O que eu tenho feito da minha vida me satisfaz? Estou feliz com as minhas escolhas?  Tenho vivido a vida que eu realmente quero para mim?  Porque ninguém é responsável pela nossa felicidade, a não ser nós mesmos!  As pessoas que tenho escolhido para me acompanhar na minha caminhada estão acrescentando algo em minha vida ou estão apenas sugando minha energia?  Chegando nos vinte e nove, descobri que tudo envolve escolhas.  Sim, existem muitas situações que estão totalmente fora do nosso alcance, mas mesmo assim eu sempre lembro que sempre temos escolhas em como aquilo realmente vai nos afetar.  Que poder pequenas coisas e/ou pessoas tem sobre mim?  Até mesmo as grandes M***** que já me aconteceram podem virar grandes lições – eu escolho ser a vítima ou o protagonista da minha história? São tantos questionamentos que o meu eu faz para mim mesma que às vezes eu me canso.  Mas este eterno pensar me ajudou muito a ser muito feliz com todas as decisões tomadas até hoje.  Todas, todinhas!  Tristezas, saudades, lágrimas, decepções profundas e as dores ensinaram lições valiosíssimas.  Mas os sorrisos, as inesperadas estendidas de mão,  o precioso colo dos amigos, as alegrias nas pequenas coisas fazem tudo valer a pena.  E é assim que eu celebro os meus vinte e nove, satisfeita de ter chegado onde cheguei e ainda querendo alcançar mais, se Deus permitir! 

Marido, Filomena e Hugo que já fazem os meus dias tão especiais não fizeram diferente hoje!  A diferença mesmo está apenas no creme que eu uso todo santo dia: troquei o básico hidratante por um creme anti-rugas para esperar o grande três ponto zero belíssima!  

Parabéns para mim! =)

Ex corde.

Read Full Post »

Oi, eu sou o Hugo!

 

Hugo

Não é só a cara não, eu sou sapeca mesmo!  Não deixo a minha mãe arrumar a cama de manhã porque eu adoro me esconder no meio dos lençois; brinco por horas com os elásticos de cabelo jogando para cima, pegando em baixo, dando cambalhotas e muitos pulos; ela não consegue varrer a casa porque eu me agarro na vassoura e vou sendo puxado; eu ataco o vaso e como as folhas de manjericão; eu gosto de pular em cima da minha irmã Filomena, mas pena que ela não gosta dessas brincadeiras; eu adoro brincar com meu ratinho de pelúcia e eu ajudo a minha mãe a lavar as roupas sujas, eu carrego as meias do pai pela boca pela casa toda.  Mas eu também sou carinhoso, gosto de deitar no colo do meu pai enquanto ele assiste televisão, toda noite eu dou uma deitadinha na barriga dele até eu cair no sono e gosto de dar beijinhos na minha mãe.  E como um típico menino, eu solto cada pum fedoreeeento!  Filó e mamãe acham nojento, mas eu sei que o meu pai me entende!  Bom, boa semana para quem passar por aqui!

 

Ex corde.

Read Full Post »

Devagar & Sempre!

Devagar 

Muito anda acontecendo dentro & fora e tem me mostrado como eu sou humana, limitada e sem poder nenhum sobre certas coisas.  Início de tarde de sábado e eu estou aqui sentada no sofá, ouvindo a chuva cair lá fora e sentindo a brisa gostosa que ela traz.  Bem como deve ser, vendo a beleza nos detalhes corriqueiros da minha vida.  Se existe saúde e alegria de viver, então não há muito o que ser feito a não ser aproveitar a viagem!

As mudanças internas estão sendo acompanhadas de algumas externas também.  A dinâmica da casa está se adaptando ao Hugo, nosso mais novo gatinho que foi adotado há algumas poucas semanas.  Pouco tempo ainda, mas ele já veio nos ensinando boas lições!  A energia dele é contagiante e a gente se pega rindo sozinho com as artimanhas dessa criaturinha de quase 5 meses de vida.

Também tivemos dias deliciosos com a passagem de hóspedes queridíssimos!  É muito bom estar aqui e ver tanta gente legal passar levando um pouco da gente e deixando um pouco deles.  Revigora e anima! 

Assim como nossos hóspedes vêm e vão, mais um outono chegou para alegrar meus olhos com tanta beleza de cores.  As folhas caem e a exuberância das árvores não é mais visível.  Elas não morrem; estão apenas ali quietinhas, esperando o frio inverno passar para poder voltarem a florescer na primavera.  É um ciclo necessário e que acontece devagar & sempre!

Não, o blog não está acabando.  Estou apenas caminhando devagar, mas sempre caminhando!!  Tenho muitas coisas para contar, muitas fotos para mostrar e mal vejo a hora de voltar ao ritmo de antes.  Por enquanto eu ainda estou com as idéias espalhadas por todos os lugares, como neste post.  Bear with me, okay?

Ex corde. 

Read Full Post »

Ah, Itália!

Como A Itália me lembrou o Brasil!  Gente agitada, que fala alto e usa bastante as mãos!  Também encontramos italianos que infelizmente me lembraram o Brasil.  Sabe aquela coisa de dar um jeito de furar a fila na frente de todos na maior cara de pau?  Pois é!

Esse foi o meu primeiro contato com a língua italiana e como eu me surpreendi!  A similaridade com o português é absurda e a pronúncia & entonação são as coisas mais divertidas do mundo!  Entendia praticamente tudo e falava algumas coisas que eram entendidas.  Fiquei boba de ver!  Mas mais boba mesmo eu fiquei quando fui visitando e vendo como tudo é lindo por lá!

Vou por partes começando por Veneza.  É uma cidade foférrima!  Amei os canais, as mil pontes e os prédios caindo aos pedaços!  Marido (que já morou na Itália) me explicou que casas em construção pagam menos impostos para o governo.  Assim, os italianos terminam suas casas por dentro e deixam a frente com cara de quem tem 200 anos de idade, com a tinta descascada e os tijolos aparecendo mesmo.  Uns acham um horror, eu confesso que achei uma graça!

Venice, Italy

 

O calor estava desconcertante!  Era shortinho, blusinha e protetor solar 70 para ter o máximo de pele à mostra sem fritar no sol.  Muitos turistas, ruas estreitas lotadas, grupos enormes, preços altíssimos, muita falação, muito calor… Veneza foi uma experiência bem interessante e sem a menor dúvida, belíssima!

Venice, Italy

Tomamos um gelato na Piazza San Marco ouvindo as orquestras dos restaurantes que tocavam ao vivo para a praça inteira ouvir.  Passamos algumas horas lá e observamos a água surgir por entre os espaços no piso e formar poças cada vez maiores.  Ficamos pensando se Veneza realmente estaria afundando.  A Basílica de San Marco foi iluminada por uma lua belíssima, tornando a noite mais agradável ainda.

Basilica San Marco

 

As máscaras de Veneza são obras de arte à parte.  Elas são vendidas nas lojas pelas ruelas da cidade ou ainda nas feirinhas ao ar livre.  As tradicionais são feitas à mão de papel marchè, mas dá para encontrar algumas de cerâmica que são usadas para decoração.  Cada uma mais linda que a outra e a vontade de comprar uma de cada cor e modelo é enorme!

Mascaras Venezianas

Feirinha em Veneza

Veneza

As ruas de Veneza são limitadas, na verdade, elas são becos estreitos.  O tradicional passeio de gôndola pode ser feito pela cidade, passando pelos apertados canais por entre os prédios históricos.  Os serviços de gôndolas estão espalhados por toda parte, e os gondoleiros tem até uniforme.  Uma graça!  Como tem água por todos os lados, os vaporettos são barcos que transportam as pessoas para as outras “vilas” ali em volta.  Quando chegamos em Veneza, percebemos que muitas pessoas estavam no vaporetto com carrinhos de compras.  Como tudo é muito turístico e caro em Veneza, os moradores vão abastecer a geladeira em outros lugares.  Nada muito prático, mas interessante para a gente que estava apenas visitando. 

ruas de Veneza

Serviço de Gôndolas

Gondoleiros

  

Apesar dos altos preços, vale muito a pena incluir Veneza no roteiro de viagem. 

 

Ex corde.

Read Full Post »

Região do Tyrol, Áustria

Innsbruck é uma cidade relativamente grande, mas com um arzinho de interior.  Apesar de continuar entendo quase nada em alemão, além de algumas frases de comando (oi, tchau, bom dia, obrigado, com licença, banheiro, por favor, entre outras poucas), a comunicação fluiu muito bem!

Entrei numa loja de zíper, linhas, agulhas & afins para comprar botões para a minha mãe e recebi uma aula de história da jovem senhora que me atendeu.   Os casacos típicos usados na Áustria sempre possuem botões com o brasão da região do Tyrol e segundo ela, os casacos mais tradicionais usavam moedas no lugar dos botões.  Para confirmar a minha ótima impressão sobre os austríacos,  ela ainda me deu de presente dois botões bacanérrimos!

Os alpes austríacos estão ali pertinho, tão perto que aparecem entre os prédios seculares do centrinho histórico.  Muito charmoso!

Innsbruck, Austria

Innsbruck, Austria

Um das atrações de Innsbruck é o Golden Roof, um prédio de três andares com um telhadinho de cobre bem gracioso. Ele fica localizado na praça central do centro histórico onde se deixa envolver pela atmosfera leve e agradável daquele lugar.  Esse cantinho da Austria também é conhecido pelas estações de esqui.  O inverno deve ser rigoroso mesmo pois em pleno setembro já estava friozinho.  A água dessa fonte natural aí da foto era gelada como se tivesse acabado de sair do congelador, ficamos espantados ao encher nossas garrafinhas de viagem!

Innsbruck, Austria

Ah, não posso deixar de dizer que comemos muitissimo bem por lá.  Provei pela primeira vez uma sopa quente de pepino que eu jamais achei que fosse tão saborosa!  Marido disse que a pizza dele estava deliciosa e a gente acha que a proximidade física com a Itália deve ter alguma responsabilidade nisso.  A fome era tanta que nem lembrei de tirar foto.  Mas a sobremesa do dia seguinte tá registradíssima:  frutas silvestres quentinhas no recheio com uma calda de baunilha sem igual.  O capuccino europeu também saiu na foto, era um a cada dia pois eu não aguento o café aguado americano.

Innsbruck, Austria

Ex corde.

Read Full Post »

Older Posts »