Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘San Antonio’ Category

Uma vez, enquanto folheava um guia de turismo local, vi que existe um jardim japonês em San Antonio e desde então fiquei com vontade de visitar.  Mas sabe como é aquele negócio de morar numa cidade e nunca ter ido em certos lugares?  É aquela coisa de achar que vai estar sempre ali e por isso não é preciso dar um pulinho lá tão cedo?  Pois é, quase acontecia isso.

Entrada Japanese Tea Garden SA_Ex corde

Aí aproveitando que a minha amiga-madrinha queridíssima Carol estava passando uns dias por aqui e a gente (eu!) precisava de uma programação leve naquele domingo ressaqueado pós-sabado de balada, lembrei do jardim japonês.  Arrastei o Marido junto que não estava muito empolgado com o passeio a princípio, mas que acabou aproveitando para testar as funções da máquina fotográfica nova que tinha acabado de chegar pelo correio.

Eu no Japanese Tea Garden de San Antonio_EX corde

E que surpresa boa descobrir esse lugar tão agradável com um jeitão de entocado no meio do nada logo ali do lado da 281, uma mas maiores vias de acesso de San Antonio que corta a cidade de norte a sul.

Japanese Tea Garden_Ex corde

Duas coisas logo de cara já saltam aos olhos de quem está acostumado com a paisagem do Texas: a água e o verde das árvores.

Carol e eu_Ex corde

A vegetação é densa e com plantas exóticas.  Há flores.  E os caminhos de pedras e as pontes conduzem quem passeia a dar uma volta completa na lagoa.

Ex corde_Japanese Tea Garden (6)

O jardim passa uma sensação de tranquilidade bem gostosa.  E como os dias em San Antonio são quase sempre ensolarados, o jardim ganha uma iluminação maravilhosa.  É bem legal para tirar fotos ou simplesmente para renovar as energias.

Ex corde_Japanese Tea Garden (7)

O Japanese Tea Garden de San Antonio tem mais de 90 anos de história.  Em 1917, Ray Lambert era o administrador de parques da cidade e teve a idéia genial de transformar uma área abandonada que funcionava como uma antiga pedreira em jardim.  E tudo com o uso de doações.  

Ex corde_Japanese Tea Garden (10)

Por isso que a lagoa fica no meio do buraco que as escavações criaram no local.  Alguém já viu como uma pedreira destrói a paisagem?  Existem várias aqui em San Antonio, inclusive uma é bem visível para quem chega de avião na cidade.  Dói só de olhar!   

Japanese Garden_EX corde

As melhorias no local continuaram nos anos seguintes, como a construção de uma pequena vila para atrair turistas com a venda de artesanato mexicano.

Japanese Tea Garden SA_EX corde

Mas foi só em 1926 que Kimi Eizo Jingu, um japonês-americano morador de San Antonio e importador de chá, foi convidado pela cidade para se mudar para o jardim.  Ele abriu o Bamboo Room e passou a servir chá e lanches.

Ex corde_Japanese Tea Garden (8)

Em 1942, a família de Jingu foi mandada embora do local como uma reação aos resultados da Segunda Guerra Mundial.  Uma família chinesa operou o local pelos vinte anos que seguiram e o jardim ficou conhecido como Chinese Sunken Garden.

Ex corde_Japanese Tea Garden (11)

Na década de 80 houve uma cerimônia oficial para renomear o local homenageando a mémória então falecido Jingu e que contou com a presença de seus filhos e de autoridades do Governo Japonês.

Ex corde_Japanese Tea Garden (5)

Carpas no JApanese Tea Garden _EX corde

O jardim japonês abre todos os dias com o nascer do sol e fecha quando escurece.  Fica perto do zoológico e parece ser bem frequentado por casais, famílias com crianças, turistas e até gente que está atrás de um lugar gostoso para ler um livro.  Para ficar melhor ainda, a entrada é de graça!  

Eu, Marido e Carol_EX corde

Quando preparava esse post, descobri que eles alugam a imponente Pagoda que existe na entrada no jardim para eventos e eu fiquei imaginando um casamento acontecendo ali.  Descobri também que lá acontece um festival anual de Sushi & Sake no início de outubro.  Perdi por pouco esse ano.

Ex corde_Japanese Tea Garden (2) 

Bonito, né?  E isso tudo em San Antonio.  Nunca imaginei.

Japanese Tea Garden of San Antonio_EX corde

E para terminar, aí vai um beijinho nesse cenário bacana devidamente registrado pela madrinha desse casório!  ♥ ♥ ♥        

Ex corde_Japanese Tea Garden (3)

Ex corde.

Japanese Tea Garden
3853 N. St. Mary’s St. San Antonio, TX 78212
Phone: 210-212-4814

Read Full Post »

O Dia dos Finados na cultura mexicana tem um perspectiva bem diferente da brasileira e morando tão pertinho do México fica quase impossível não aprender sobre as tradições mexicanas.  Acredita-se que os entes queridos que morreram vêm visitar amigos & familiares no dia 31 de outubro retornando para o além (!?) no dia 2 de novembro.  E por isso San Antonio vem celebrando El Dia dos los Muertos há alguns dias – aliás, hoje teve uma grande parade que aconteceu na tarde de sábado em downtown com muita música & comida.

El Dia de los Muertos_Ex corde

O colorido é o que mais chama a atenção nesta data!  Quanto mais cor, mais alegre e portanto, melhor!  Afinal de contas estão todos celebrando a vida.  A idéia parece controversa, mas os povos indígenas mexicanos festejam a data desde 1800 a.C. e o que existe hoje é uma mistura das crenças indígenas com os rituais religiosos (católicos).  Ao contrário do que muita gente pensa, El Dia de los Muertos não é a versão mexicana do Halloween.  É na verdade uma data integralmente religiosa para muitos.  Não é considerada um sacrilégio, não envolte cultos, não é vista como uma prática macabra e nem mórbida.  Não existe a utilização da imagem de fantasmas ou bruxas.  Os esqueletos e caveiras estão sempre presentes por simbolizar a promessa da ressurreição – jamais representando a morte em si.  A festividade do El Dia de los Muertos não é algo triste porque é entendida como um momento de reunir amigos & familiares para prestar homenagens para aqueles entes queridos que morreram.  Sempre com muita comida.  Não é a celebração da morte.  Não é sobre o medo, é sobre o amor.  É a oportunidade para relembrar as pessoas queridas que se foram e para refletir sobre a própria vida, a herança deixada pelos antepassados e sobre o significado e propósito da própria existência.

El Dia de los Muertos at San Fernando Cathedral_Ex corde

A influência mexicana é tão forte que os altares do El Dia dos los Muertos podem ser vistos em vários lugares, inclusive em praça pública na frente da catedral de San Antonio (foto acima).  As homenagens são pessoais e cada um é encorajado a fazer o seu próprio altar como uma maneira de elaborar melhor o luto.  Apesar da liberdade de criar o que quiser, existe uma série de simbolismos associados com o altar.  Veja alguns deles alguns abaixo.

Fotos: a pessoa falecida homenageada precisa ter a sua foto presente e isso é considerado a parte mais importante do altar.

Três cores importantes: roxo representando a dor, branco representando a esperança e o rosa respresentando a celebração.  Velas nessas cores são geralmente colocadas no altar.

Papel Picado: são papéis coloridos perforados com desenhos satirizando expressões das atividades cotidianas usados para decorar o altar.

Quatro velas: que são colocadas no topo do altar representando os quatro pontos cardinais da bússola.  Acredita-se que a vela ilumina o caminho dos mortos durante a visita deles.

Caveiras: três devem ser colocadas no segundo andar do altar representando a Santíssima Trindade.  Uma quarta caveira e de tamanho maior deve ser colocada bem ao centro do terceiro nível representando o Criador da Vida.

Copal (incenso de resina): são queimados para afastar os maus espíritos deixando o caminho livre para os espíritos das pessoas amadas se reencontrarem.

Pan de Muerto: é um pão levemente adocicado em formato de ossos humanos.

Alfeñiques: são caveiras feitas de açúcar decoradas de várias formas e cores.  Os nomes dos entes queridos são colocados na testa e as caveirinhas são distribuídas para as crianças.

Marigold: é o tipo de flor tradicional para decorar o altar.  Os locais usam as pétalas para fazer um caminho para guiar os espíritos até o banquete (comida).

Os altares ainda tem representação dos pertences pessoais das pessoas falecidas, como chapéus, roupas, além das bebidas e comidas favoritas delas.

El dia de los Muertos _Ex corde

Vários altares enfeitavam as galerias do El Mercado neste fim de semana mostrando como a cultura mexicana alcança até as escolas primárias.

El Dia de los Muertos_ Ex corde

Acima estão os mini-altares preparados em caixas de sapato pelas crianças numa manifestação bem interessante da tradição popular.  E abaixo algumas das histórias pessoais de cada ente querido.

El Dia de los Muertos em San Antonio_Ex corde

E Downtown San Antonio festejou a noite do 2 de novembro com muita alegria conforme as tradições mexicanas.

Celebracao El dia de los Muertos_ Ex corde

Celebracao El Dia de los muertos_ex corde

Ex corde.

Read Full Post »

Não sei se isso acontece com vocês, mas esses celulares moderninhos que tiram fotos boas até demais me deixam cheia de registros bacanérrimos entupindo a minha galeria de fotos.  Vira & mexe eu vejo as fotos de novo e não consigo simplesmente deletá-los!

Tower of the Americas at daytime_Ex corde

Não estava querendo falar sobre o mesmo assunto de novo porque eu já tinha falado sobre o happy hour na Torre das Américas (mais detalhes sobre a torre aqui).  E estava na dúvida porque não queria ser repetitiva, mas acontece que tenho fotos diferentes dessa vez: como a estação de bicicletas disponíveis para aluguel na base da torre, no HemisFair Park. 

Rental Bikes San Antonio_Ex corde

O centro de San Antonio é relativamente pequeno, mas não rola explorá-lo a pé.  Há várias alternativas, como o trolley que roda em três linhas diferentes (preciso fazer um post só deles!), mas essas bicicletas são perfeitas para quem curte um pedal!  A praticidade delas é o que transforma tudo mais fácil.  Dá para alugar online ou até diretamente em qualquer estação usando um cartão de crédito.  Um passe de 24h custa $10 e há opções de aluguel semanal e anual!  Quer saber mais sobre a San Antonio B-Cycle?  Clica aqui.

Sol na Torre das Americas_Ex corde

Gosto de estacionar um pouco longe da Tower of the Americas para ter a chance de passear no agradável HemisFair Park a caminho da base da torre.  A área é bem gostosa e conta com inúmeras árvores maduras, vários chafarizes para amenizar o calor texano, parquinho infantil e o Instituto Cultural de Mexico.  Vários eventos acontecem por lá e eu já até contei sobre um deles.

Drinks na Torre das Americas_Ex corde

Dessa vez experimentei o mojito de romã, mas não pediria de novo.  Não gostei.  Em compensação, o martini de pepino merece ser tomado outras vezes!

Por do Sol na Tower of the Americas_Ex corde

Assistimos o pôr do sol mais uma vez lá de cima e acabamos não indo no observatório.  Acabei de me dar conta que vou precisar fazer mais um post da Torre das Américas incluindo o observatório!  Será que vai ficar repetitivo demais?

Tower of the Americas at HemisFair Park_Ex corde

Já era noite quando descemos e o HemisFair Park continua uma delícia mesmo depois do sol se pôr.  Talvez fique até melhor se o dia tiver sido muito quente!

Tower of the Americas_Ex corde

A caminhada de volta até o carro é bem tranquila.  Parece que resolveram deixar uma decoração da Luminaria 5.0 até hoje enfeitando o HemisFair park.

HemisFairPark, San Antonio_Ex corde 

E para terminar, mais uma foto da torre das Américas:

Tower of the Americas at night_ex corde

É, eu não consigo mesmo deletar essas fotos de celular!

Ex corde

Tower of the Americas
601 Tower Of Americas Way San Antonio, TX 78205
Telefone: (210) 223-3101

Read Full Post »

Mi Tierra

Apesar de estar vivendo um momento chato onde as minhas vontades não acompanham o ritmo natural e nem respeitam o tempo aceitável para que as coisas na vida aconteçam, cá estou eu com algumas fotos que tirei no rápido passeio no fim de semana passado.  É um restaurante mexicano que fica bem no centro de San Antonio atraindo muitos turistas exatamente pela sua cara típica.

Mi Tierra em San Antonio_Ex corde

Acho que por estar localizado bem ao lado do El Mercado, muita gente acaba almoçando ou jantando ali mesmo depois de fazer as suas comprinhas de souvenirs.  Fim de semanas são os melhores dias para dar um pulinho lá e experienciar barracas de música, artesanato e até comidas & bebidas nos arredores do mercado.  É interessantíssimo! 

Mi Tierra_Ex corde

Interessante também é o Mi Tierra que por várias décadas continua oferecendo a experiência mexicana com garçonetes em roupas típicas, o teto coberto de piñatas feitas de papel metalizado, pinturas coloridas nas paredes e até mariachis tocando música ao vivo.  Não tirei fotos de dentro dessa vez pois o Mi Tierra estava lotado demais – muita gente no ar condicionado fugindo do calorzão que fazia lá fora – e acabamos não comendo lá.  Fico devendo!

Mi Tierra_ Ex corde

O local conta também com uma padaria que serve doces mexicanos.  As filas são sempre enormes nos fins de semana com todo mundo querendo provar as guloseimas coloridas do México.  Já experimentei cuernitos, que são uns biscoitinhos em formato de chifre cobertos com açucar de confeiteiro.  Recomendo para quem quiser provar algo, digamos, mais seguro!

Mi Tierra _Ex corde

A foto acima é da varanda do restaurante que, apesar de estar vazia por causa do calor daquele dia, ainda é o melhor lugar para sentar em um sábado a noite para assistir a movimentação do Market Square.  Não espere uma comida mexicana autêntica (seja lá o que isso for!) nem um restaurante refinado, pois a decoração chega a ser quase cafona.  Mas o local vale a visita por causa do apelo cultural que ele oferece.  Se estiver em San Antonio, vá no Mi Tierra nem que seja apenas para dar uma olhadinha.

Mi Tierra Cafe Y Panaderia
218 Produce Row
San Antonio, TX 78207 
Aberto 24h todos os dias da semana

Ex corde.

Read Full Post »

Older Posts »