Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Japão’

Campeonato de Sumô

Minha irmã e cunhado ainda estão no Japão e na semana passada tiveram uma experiência muito interessante num campeonato de sumô.   Ela topou em dividir aqui no blog com algumas fotos tiradas por eles.   Enjoy!  
O torneio dura 15 dias e todos os participantes lutam uma vez no dia, durante os quinze dias.   No total acontecem seis torneios em todo o Japão e, apenas três deles, acontecem em Tóquio.
 
O objetivo e as regras do esporte parecem simples: ganha o match  (duelo entres dois participantes) quem conseguir empurrar o adversário para fora do círculo. Não precisa empurrar o corpor inteiro, apenas um toque com qualquer parte do corpo vale. Ou ainda fazer o oponente encostar qualquer parte do corpo no chao dentro do círculo mesmo.   A luta me pareceu basicamente tentativas de desequilibrar o adversário, usando apenas o peso do corpo e empurrões.   Chutes e socos são proibidos.
 
Tudo muito diferente e um pouco engraçado também.   É claro que o esporte, o torneio, os participantes e suas roupas e cabelos engraçados tem seu valor cultural.   Os japoneses parecem reconhecer esse valor, pois vimos muitas familias reunidas, jovens e idosos assistindo ao campeonato.   Mas confesso que a ignorância às vezes nos diverte.   Muitos gordos, gordinhos e gordões, vestindo roupas engracadas e coloridas, cabelos esquisitos, sandálias e meias nos pes gordos!!!!   Ah… o cabelo é uma obra de arte e quanto mais elaborado o penteado maior é o nivel técnico do participante.
 
Durante os duelos, que sao super rápidos – acho que duram uns 30 segundos- presenciamos algumas cerimônias bem significativas.   O grande campeão Yokozuna entra no centro do estúdio (o local onde tudo acontece) e faz uns movimentos meio engraçados chamando os espíritos ruins da platéia para o centro da luta.   E, ao final do dia, outro grodinho faz uma dança, ou sei lá o que exatamente, para encorajar os demais para o próximo dia de torneio.
 
Na verdade, os gordinhos são celebridades aqui, por onde passam são aplaudidos e são alvo de fotos. Não só por nós, ocidentais curiosos, mas pelos espectadores em geral.

Anúncios

Read Full Post »

Curiosidades sobre o Japão

* *  As casas sao bonitinhas, mas quase sempre pequenas e pertinho uma das outras.  Nas casas mais grandinhas (de dois andares) geralmente moram duas famílias.  As garagens são absurdamente estreitas e pequenas. As ruas também.

Umas das maiores que vi

 

* *  Vi muitos prédios de apartamentos residenciais, com muitos andares, bem altos, e milhões de mini-varandas.

Prédio residencial no Japão

Prédio residencial no Japão

* *  Quase todas as varandas tem um varal com roupas secando, não tem espaço para secar dentro de casa.  Máquinas de secar custam caro e além do fator espaço para acomodá-la.

 

* *  Japoneses pagam caro para ter carro no Japão.  E quanto mais potente o carro, mais caro o imposto.  Os carros são cibernéticos, coloridos, pequenininho na grande maioria  e com modelos nunca vistos antes. 

 

* *  As japonesas são altamente fashions.  Andam sempre bem vestidas e com combinações inusitadas que muitas vezes ficam estilosas e maravilhosas.  Descobri este site www.style-arena.jp/index_e.htm com fotos de moda nas ruas do Japão.  Mas não posso esquecer das muitas outras vezes em que ficam modernas demais, montadas demais, sabe?  O marido uma vez perguntou se já era Halloween e aquilo era uma fantasia… hihi…

carrinho é para o cachorro

Detalhe: carrinho é para o cachorro

* *  As japonesas têm um cuidado extremo com a pele.  Vimos muitas com luvas para proteger a parte de cima das mãos do sol, roupas de manga comprida sobrepostas, além de um desfile de sombrinhas.  Quanto mais clara e sem manchas a pele, mais bonita ela é.

 

* *  Tóquio é uma cidade de praia sem aquela sensação de cidade de praia, sabe?  Apesar de ter visto alguns carros com pranchas de surf e alguns japoneses parafinados, a mulherada é branca como um fantasma e anda arrumadíssima como se fosse para uma festa.  

 

* *  Os japoneses são super simpáticos, amigáveis e fazem de tudo para ajudar o turista que não fala japonês.  Vale tudo na comunicação e as mímicas são muito úteis.

 

* *  Muita gente nas ruas, muitos carros e muitas bicicletas. Existem estacionamento próprios para bicicletas.

 

 

* *  Experimentamos um sanduíche de camarão que só existe nas Mc Donald’s do Japão.  Gostoso!  Parece que em cada país, eles criam opções diferentes.  O marido, por exemplo, nunca provou a tortinha de banana e nem o sanduíche Cheddar Mc Melt.  Esses dois não existem nas Mc Donald’s da terra do Tio Sam.

 

* *  As casas japonesas não têm forno na cozinha.  Eu achei que fosse por falta de espaço, mas na verdade é por que a gastronomia japonesa não utiliza o forno. 

 

* *  Os índices de crimes no Japão são baixíssimos. Bem mais baixo do que o índice dos Estados Unidos, por exemplo.  A punição para crimes é severa. Talvez seja esse motivo da baixa criminalidade.  Para se ter uma idéia, se um motorista for pego dirigindo alcoolizado, ele paga uma multa equivalente a 6 mil reais.  Se o motorista estiver acompanhado por um passageiro que tenha carteira de motorista, ele também vai receber a mesma multa mesmo que não tenha tomado nenhum gole de bebida alcóolica.  Todos devem trabalhar juntos para evitar a mistura álcool e direção.

 

* *  Existe máquina para vender refrigerantes, café, sucos, água, chá verde, cigarros e até sorvetes em praticamente cada esquina. 

 

Máquina de sorvete e máquina de bebidas

Máquina de sorvete e máquina de bebidas

* *  Animais domésticos como gatos e cachorros são caríssimos.  Visitamos um lugar e vimos os preços girando em torno de 2 mil dólares para um filhote de cachorro.  Nesse mesmo lugar, nós vimos os mais diversos tipos de mimos para cachorros e gatos.  Todos caríssimos!

Padaria para gatos & cachorros

Padaria para gatos & cachorros

Lanchinhos para gatos & cachorros

Lanchinhos para gatos & cachorros

* *  Animais de estimação são caros para estimular um senso de responsabilidade nas pessoas e evitar animais de rua.  Acho que funciona por que não vimos nenhum bichinho abandonado por lá.

 

Ex corde.

 

Ainda sobre o Japão:

Campeonato de Sumô

Comendo no Japão

Monte Fuji

Kamakura

Read Full Post »

富士山

 

Leia-se Fuji-San. Ou ainda Monte Fuji para nós ocidentais.

 

É a montanha mais alta no Japão com 3.776 m.  Na verdade trata-se de um vulcão ativo que teve a sua última erupção datada em 1707.  Está localizado perto a costa do Pacífico e três pequenas cidades estão a sua volta:  Gitemba (no leste),  Fujiyoshida (no norte) e Fujinomiya (no sudoeste).

 

Atualmente o vulcão é classificado como ativo com baixo risco de erupção. A última erupção registrada comecou no dia 16 de dezembro de 1707 e terminou no dia 1 de janeiro de 1708, durante o período Edo (marco importante na história Japonesa).  O Fuji cuspiu larvas e cinzas sobre as cidaes de Izu, Kai, Sagami e Musashi com tanta intensidade que parecia uma chuva. Mas desde então, nao há sinais de uma nova erupção.

 

O período mais popular para se escalar o Monte Fuji é de 1 de julho a 27 de agosto, pois as estações de apoio durante a escalada estão abertas.  Ônibus para a quinta estação começam a operar a partir do dia 1 de julho. Muitos escalam a montanha durante a noite para assistir o nascer do sol numa posição privilegiada.  E que privilégio!

 

Como nós chegamos no Japão na primeira semana de setembro, não pudemos mais fazer a escalada.  [Minha irmã escalou!  Vou pedir para ela contar a história aqui.]  Mas fomos de carro até a quinta estação.  Era fim de tarde e estava frio!  Subimos mais ou menos uns 2 mil metros e podíamos ver as nuvens abaixo de nós.  Eu fiquei impressionada com a estrutura montada lá.  Achei que o Fuji fosse uma montanha e que cada um se virasse para escalar.  Bobinha… Existe toda uma infra-estrutura e claro, muito $$ entrando.  A estrada que leva até a quinta estacao é excelente, melhor que muita estrada do Brasil.  Eu achava que ainda estávamos a caminho do Fuji quando o meu cunhado avisou que já estavamos subindo o próprio.  =) 

 

Apesar de não ter escalado, adorei ver o Monte Fuji.  Ele foi bem generoso com a gente e conforme fomos nos aproximando dele, as nuvens foram baixando nos proporcioando uma visão clara e limpa.  Meu cunhado ia parando o carro no meio da estrada a cada metro a mais visível do vulcao. Foi hilário! 

 

Mas tivemos uma vista belíssima e sem dúvida, inesquecível.  Em breve coloco aqui as fotos que tiramos.

 

Ex corde.

Read Full Post »

Comendo no Japao

Como eu adoro comida japonesa, nao poderia jamais deixar de provar o autentico sushi da Terra do Sol Nascente.  Quanta felicidade em almocar e jantar sushi =)

Meu cunhado nos levou num restaurante maravilhoso e com um sistema bacanerrimo.  Funciona mais ou menos assim.  Os sushis sao preparados no centro do restaurante pelos sushimen vestidos com aquelas roupinhas tipicas fofas.  Eles preparam os suhis e colocam numa esteira que fica circulando em volta dessa area central.  Ao redor da esteira estao as mesas projetadas lateralmente.  Voce ve o sushi passando e pega o que voce quiser, quantas vezes quiser.  Eles cobram de acordo com as cores dos pratos servidos, o que acaba saindo mais barato do que um restaurante tradicional.  Para se ter uma ideia,  um pratinho com dois sushis com uma fatia de salmao em cima custa 150 iens (um pouco menos de 1.50 dolares).  Nem preciso dizer que ja comemos muito la.  E se voce quiser algum sushi que ainda nao passou na esteira, basta pedir que eles fazem na hora.

Pouquissimas vezes eu comi um sushi de salmao tao saboroso como aqui.  Super fresco, preparado na hora e com um preco acessivel, so aqui no Japao mesmo. Agora descobri que o verdadeiro sushi vem com wasabi.  Descobri provando e ui! Wasabi e aquela massinha verde super apimentada e vem sempre escondido entre o arroz e o peixe.  Como no Brasil vem sempre separado, aqui eu aprendi a pedir sem wasabi.  Ah, e eles tambem servem muitas variedades de sushi com cebolinha em cima.  Nunca tinha visto assim.

Mas o sistema desse lugar e bem pratico.  Em cada mesa tem uma “torneira” com agua quente e voce mesmo prepara o seu cha verde.  Ah, como o cha verde e popular por aqui.  Tomei ate sorverte da Haagen Dazs de cha verde.  Adorei!  A verdade e que estou adorando tudo por aqui =)

Sushi Apimentado

Sushi Apimentado

Sushi de Atum

Sushi de Atum na esteira

MAis um sushi de atum na esteira

Mais um sushi de atum na esteira

Sushi com cebolinha

Sushi com cebolinha

Ops, quase deixei esse sushi com camarao passar na esteira

Ops, quase deixei esse sushi com camarao passar na esteira

Sushi de Salmao

Sushi de Salmao

Muitos pratinhos depois...

Muitos pratinhos depois...

Read Full Post »

Metro de Toquio na hora do rush

 

Na quinta-feira nos vamos descobrir se e isso mesmo ou nao!  Vamos ter a assessoria da nossa guia japonesa para dar um suporte nessa aventura.  Ja sabemos que vamos ter que estar sempre juntos e sempre que possivel, de maos dadas.  Ah, e cada um vai carregar o numero do celular da guia no bolso em caso de um desencontro.  Depois eu venho contar como foi a experiencia  =)

Read Full Post »

Chegando no Japao

Dormi quase o voo inteiro ate Toquio e nem senti o tempo passar.  Todos no aviao mantiveram as janelas fechadas e a cada vez que eu acordava, eu dava uma olhadinha la fora.  O sol estava brilhando o tempo todo, durante todas as 13 horas.  Nao anoiteceu, apesar de termos jantado e dormido como se fosse noite.  Chegamos no Japao no sabado as 4 horas da tarde hora local.  Ue, para onde foi a sexta-feira?  Meu cunhado disse que quando a gente vai encontra-la quando entrar no aviao de volta para casa.  * rs *

 

Terminal de embarque do aeroporto de Detroit

Terminal de embarque do aeroporto de Detroit

 

Aviao de dois andares que nos trouxe ate o Japao

Aviao de dois andares que nos trouxe ate o Japao

 

Algumas das primeiras impressoes.

Achei o Japao quente.  Calor mesmo, com uma sensacao esquisita por causa da umidade.  Achei o Japao cinza.  Com a cara de quem ta sempre nublado.   Achei o Japao poluido visualmente.  Acho que por causa das milhares de placas.  Achei os carros e casas no Japao pequenos.  Uma graca!

Foi otimo reencontrar meu cunhado juntinho com minha irma.  Vamos ter uma semana bem ocupada e estamos animadissimos!!

 

Poluicao Visual & Trafico na mao inglesa

Poluicao Visual & Trafico na mao inglesa

Read Full Post »

Preparação!

Essa semana eu recebi o meu passaporte com o visto para o Japão.  Oba!  Agora posso começar a me preparar psicologicamente para a viagem.  É que compramos as passagens antes de tirar o visto e a japinha lá da Embaixada Japonesa me colocou um medinho, meio que não dando certeza de que o meu visto seria realmente expedido.  Ai…  Deu uma invejinha do marido que não precisa de visto…  * rs *

 

Mas deu tudo certo e eu estou animadíssima!!

 

A preparação para a viagem começa com muita leitura. Adoro!  O meu cunhado mandou diretamente do Japão um livrinho de bolso sobre Tóquio e ainda marcou nele as atrações que vamos visitar.  Nem preciso dizer que já li todinho e que fiquei com vontade de ler mais.  Coincidentemente o marido chegou em casa ontem com mais um livro sobre o Japão.  Esse é do Discovery Channel e tem de tudo um pouco: história, economia, pontos turísticos, cultura, comida…  Informação não vai faltar!

Leitura obrigatória para a viagem

Leitura obrigatória para a viagem

 

 

Read Full Post »