Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Sopas’

Sopa de Cenoura com Gengibre e Mel

Eu sempre faço essa sopa em casa por causa do sabor não-esperado que ela tem.  Não é doce, não é apimentada, é simplesmente saborosa!  Sem contar que é muito natureba, super saudável e baratinha.  Dessa vez eu contabilizei e vi que não gastei nem 6 dólares para fazer uma panela cheia.  

Sopa de Cenoura, Gengibre e Mel

1/2 cebola grande cortada em cubinhos

4 dentes de alho amassados

6 cenouras grandes descascadas e cortada em pedaços

80 gramas de gengibre natural ralado

3 colheres de sopa de mel

azeite de oliva

sal a gosto

uma pitada de pimenta do reino

3 folhas de louro

caldo de legumes líquido ou água com dois cubos de caldo de legumes dissolvidos

Refogar a cebola no azeite por uns 5 minutos e, em seguida, acrescentar o alho, o gengibre ralado e as folhas de louro.  Após uns dois minutinhos, acrescentar a cenoura cortada em pedaços.  Cobrir os pedaços com água apenas o suficiente para cobrir os ingredientes na panela.  A quantidade de líquido vai definir a consistência da sopa, então se você quiser uma sopa mais cremosa, não exagerar na água.  Acrescentar o mel, a pitada de pimenta do reino, o sal e deixar cozinhar com a panela fechada em fogo médio por uns 20 minutos.  Quando a cenoura estiver bem cozida, pescar as folhas de louro e triturar todo o resto com um mixer, um processador ou no liquidificador mesmo.  Se for usar esse último, muito cuidado que a sopa quente cria uma pressão enorme fazendo a tampa do liquidificador querer explodir.  (Usei o mixer para uma textura mais grossa e pedaçuda).  Se for preciso, ajustar com água até a consistência desejada.  Se não, é só servir.

Ex corde.

Anúncios

Read Full Post »

O Sopão

Já eram quase 10 e meia da noite quando cheguei em casa do trabalho.  Marido que sempre prepara alguma coisa para o jantar, ontem estava bem ocupado com um trabalho do mestrado.  Eu vinha no telefone com minha mãe e acabei comentando que não tinha nada pronto para jantar.  Parti o seu coração, pois ela retrucou de volta toda frustrada como gostaria de estar aqui para preparar uma sopinha pra mim.  As palavras dela ecoaram na minha cabeça…  Eu abri a geladeira e fui vendo o que tinha:

*  Uma cenoura que cortei em quartos
*  Uma única batata que cortei em cubinhos
*  Dois bifes de anteontem temperados no alho que eu cortei em cubos
*  Uma tigela de feijão kidney que costumo fazer para a semana
*  Dois punhados de um macarrão integral de formato engraçado 
*  Salsinha qua já estava quase estragando que piquei bem pequenina

Refoguei meia cebola picada em azeite de oliva com um pouco de pimenta do reino e duas folhas de loro.  Joguei o bife lá dentro acrescentando uma colher de massa de tomate.  Depois joguei o feijão com meia jarra de caldo de legumes caseiro que eu sempre tenho na geladeira.  Deixei ferver e fui colocando a batata e a cenoura.  Ferveu mais um pouco em fogo baixo/médio e eu acrescentei o macarrão.  Tampei meio de banda e deixei cozinhar por uns 15 minutos.  Acertei o sal e servi com salsinha picada em cima.

O sopão ficou tão bom que eu nem tava acreditando que tinha saído assim tão rápido.  A idéia da mamãe foi genial!  O único porém dessas comidas que aproveitam qualquer coisa da geladeira é que dificilmente eu consigo reproduzir a receita –  pelo fato de não existir uma! 

Fica a foto para relembrar!       

Ex corde. 

Read Full Post »

Sopa de ervilha, feijão e menta

Essa receita eu memorizei de um livro de culinária que folheei outro dia no mercado.   Quase comprei o livro, mas como tenho tantos e com tantas receitas que ainda não testei, resisti a tentação.

 

A sopa é rapidinha de fazer, do jeito que eu gosto.  

Refoguei alho e cebola no azeite de oliva.   Acrescentei  folhas de louro, pimenta do reino moída na hora e um pouco de sal.   Coloquei no refogado uma lata de ervilha (sweet pea) e sobras do feijão do almoço de domingo, mais ou menos na mesma proporção das ervilhas.  Enquanto eles cozinhavam, eu piquei umas folhas de menta colhida na minha horta e joguei na panela.  Deixei mais alguns minutos para pegar bem o gosto e tirei do fogo.   Joguei as folhas de louro fora e bati todo o resto no liquidificador.   Voltei para a panela e acertei a “cremosidade” da sopa.   Como a gente gosta bem cremosinha, não precisei colocar muita água.   

 

Acertei o sal e pronto!   Servi com um pouco de iogurte natural desnatado e umas folhas de menta para decorar.   Ficou uma delícia!   A  nova receita já entrou na lista de sopas que vamos tomar muitas vezes neste inverno.

 

Ex corde.

 

Mais sopas:

Sopa de Cenoura, Gengibre e Mel

Read Full Post »

Cardápio de Outono: Sopas

Fáceis e rápidas de fazer, saudáveis e quentinhas. Hummm… Adoro!

 

 Ontem fiz a receita da sopa de cenoura com gengibre e mel, mas não coloquei os dois últimos ingredientes porque não tinha em casa.  Passou no teste apesar de não ter ficado com aquele sabor marcante do gengibre com um final adocicado do mel.  Servi com cebolinhas picadas diretamente da minha horta, azeite de oliva e croutons de alho integrais feitos na hora.  Não sobrou nada na panela!

 

Ex corde.

Read Full Post »